segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Cacilda: Estrela Brazyleira a vagar

Posted by Picasa
José Celso Martinez Corrêa e seu grupo do Teatro Oficina Uzyna Uzona estreou a 2ªparte da tetralogia da vida de Cacilda Becker, no último dia 5 de Setembro, no Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro.
Enquanto durou o meu fôlego, por quase sete horas, pude experimentar um teatro autogestivo regido com docilidade pelo feiticeiro Zé Celso. Foi uma longa evocação celebrante a Dioniso, com a partição do cacau, muitos corpos nus, ampla movimentação por todo o espaço, sem nunca esquecer a razão de estarem ali: revelar a história da jovem Cacilda , iniciante no teatro, detentora de um singular talento e sua entrega às paixões.
Os elementos cênicos não são fartos, mas o figurino evoca bem os anos 40. As músicas são excelentes, muitas delas desconhecidas para mim, bem conduzidas por músicos-atores bastante versáteis, como o Zé Carioca. O uso de microfones não foi bom, os equipamentos apresentaram muitas falhas no 1º ato, o que comprometeu muito o entendimento das falas. Seria melhor abandonar essas tecnologias e usar somente a voz natural com cuidado, para resistir às longas horas de atuação.
O tributo a Cacilda Becker foi realizado, através de um tour de force de todo elenco, sobretudo da jovem atriz Anna Guilhermina. Quem ainda não conhece um trabalho de criação coletiva, poderá vivenciar essa prática anarco-libertária, onde as significações do texto e dos personagens são exaltadas pela potência de ser de seus atores. Cessa a preocupação de desenvolver um personagem construído pelo modelo de Stanislavski, ou através do distanciamento de Brecht. O cuidado que se tem que ter é com as improvisações excessivas, quando se caminha pelo pós-drama.
Cacilda: Estrela Brazyleira a vagar, é um trabalho cênico importante para a dramaturgia brasileira, especialmente pela exaltação e resgate histórico dessa grande figura do teatro que foi Cacilda Becker. Parabéns para José Celso e todo o grupo do Oficina Uzyna Uzona.
A "Estrêla Brazyleira a vagar- Cacilda!!" voltou a estrear em São Paulo no dia 03 de outubro e fica em cartaz até 15 de Novembro. Uma boa oportunidade para celebrar um teatro de raízes brasileiras.
Postar um comentário