quarta-feira, 19 de agosto de 2009

O sino dos senadores


sino que dobra ao passado,
chama às lembranças
e dejá-vús incontinentes,
sino que nega o presente,
não chama às mudanças
nem confia no seu Estado?!
--------------------------
há homens que se dobram
às ventanias em humildade,
outros, pesados como sinos
revelam-se ocos e sem tino,
insistem na obscuridade
das imagens cínicas, que nos sobram.
---------------------------
prefiro a altivez do sertanejo
às bravatas dos senadores
que gastam todo bronze do sino,
não para exaltar o destino
e sim, para acobertar fraudadores
do povo admirador de tanta grandeza.


foto: c1890 - Saint Lawrence Society Towcester)


Postar um comentário