domingo, 5 de abril de 2009

Dureza Submissa



Ah, dureza submissa

tua alma é torcida e revirada.

Furtivos em ti escondem

beijos sugados e chupados,

em tua língua lisa e desmascarada.
----------------------

Meu olhar te descobre,

te desnuda e te penetra.

deslizo pelas tuas curvas abusadas.

Ah, que forma adorável e perfeita

tu és leve e descasada.
----------------------

Escorre tua saliva doce
pela minha mão
pousada na fria textura
impregnada
de segredos esquecidos.

Postar um comentário